Novidades

Para enaltecer e celebrar a figura materna, escolas do município homenageiam as "MÃES" com muito carinho, para que houvesse maior integração entre aluno, família e escola, onde todos se sentissem acolhidos no ambiente que foi ornamentado para essa data tão especial.
Houve várias apresentações, como: danças coreografadas, poesias, jograis, teatro e outros.

EMEI Tia Rita
EMEF Novo Saber - Anexo


EMUEF Córrego Gabriel Emílio

EMEI Tia Rita

EMEF Novo Saber - Anexo

EMEF Novo Saber

EMEF Novo Saber

EMEF Novo Saber

EMEF Novo Saber

EMEF Novo Saber

EMEF Novo Saber - Teatro

EMEF Novo Saber - Poesias

EMEF Novo Saber - Coral

EMEF Novo Saber - Jogral
EMEF Novo Saber - Anexo

EMEF Novo Saber - Anexo
A preocupação com o meio ambiente é de muito tempo uma grande vertente de toda a nossa sociedade, haja vista o grande número de agentes causadores de poluição em nosso planeta, o que acontece devido ao grande aumento populacional e consequentemente na produção das grandes indústrias, circulação de veículos e constante desenvolvimento de produtos com embalagens descartáveis.

Falando nisso, especialmente a partir dos anos 80 do século XX, o aumento significativo da produção de embalagens e produtos descartáveis, o que gerou uma grande produção de lixo. E assim começou uma cobrança por uma postura responsável, especialmente por órgãos governamentais bem como ONGs que foram criadas basicamente para esse fim, onde orienta que o crescimento econômico deve estar aliado a preservação ambiental. Observamos com grande frequencia campanhas de coleta seletiva e projetos de reciclagem tendo em vista uma melhor preservação do meio em que vivemos.

Em 2012 a EEEFM Bananal realizou junto à comunidade escolar o Projeto Recicle e Viva Melhor que foi um sucesso arrecadando mais de 50.000 embalagens evitando assim que elas estivessem contribuindo para a produção do lixo. Essas embalagens foram encaminhadas até uma empresa de reciclagem para que assim pudessem ser desenvolvidos produtos com as mesmas capazes de substituir ou colaborar com a preservação de nosso meio ambiente.

Em 2013 a EEEFM Bananal continua com o projeto e os alunos já estão fazendo sua parte, a de ter a consciência pelo ambiente em que vivemos. A Educação Ambiental faz parte dos temas a serem trabalhados durante o ano letivo e esse projeto é uma das atividades, pois outros elementos formadores são inseridos nas disciplinas da área para que todos possam ter o conhecimento da nossa realidade.












Texto: Welder Bindaco (Agente de Suporte Educacional)
Colaboração: Luciano Bazoni Vaneli (Pedagogo)


O governo do Estado vai construir duas escolas na Região Norte do Estado, uma em Rio Bananal e outra em Vila Valério.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (08) pelo secretário de Estado da Educação, Klinger Barbosa, durante reunião na Secretaria.

A construção das escolas foi solicitada pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Luiz Durão (PDT), que foi à Sedu acompanhado de uma comissão formada pelos professores dos dois municípios, além do prefeito de Rio Bananal, Edimilson Eliziário, e da secretária de Educação, Marinete Pinheiro, dos vereadores Cadico e Robinho, de Vila Valério.Marinete informou que a EEEFM Bananal não possui estrutura física adequada para atender aos alunos que lá estudam. “A escola está no limite, com turmas funcionando em salas improvisadas, o esgoto não suporta, enfim, vários problemas”, disse.


O secretário Klinger informou que o Estado está disposto a construir uma nova escola, nos padrões atuais, mas precisa que a prefeitura faça a aquisição do terreno. O prefeito Edimilson Eliziário informou que vai comprar um terreno adequado e fazer a doação para o Estado. Até a construção da nova escola, os alunos continuarão frequentando a sede atual.

A construção da nova sede da EMEF Maria Luiza Jorge, em Vila Valério, também foi solicitada por Durão, e o secretário Klinger deu a mesma solução: aquisição de terreno por parte da prefeitura do município e construção da escola por parte do Estado. Também será analisada a possibilidade de inclusão do Ensino Médio na escola.

Klinger informou que Linhares e a Região Norte são prioridade do governo do Estado para a construção de novas escolas devido ao crescimento previsto para a região.

Fonte: Portal Ouro Negro

O projeto NA REAL, GRAVIDEZ NA ADOLESCÊNCIA NÃO É LEGAL vem proporcionar aos estudantes do Ensino Médio da Rede Pública do Estado do Espírito Santo conhecimento sobre os problemas e consequencias de uma gravidez indesejada na adolescência.

Por isso, está sendo realizado durante o mês de Maio de 2013 na EEEFM Bananal as atividades ligadas ao projeto que tem como objetivo reduzir o índice de gravidez na adolescência nas escolas da rede estadual de todos os municípios do Espírito Santo, contribuindo para a formação de uma consciência de sexualidade responsável e tem seu público alvo os alunos das escolas de Ensino Médio da Rede Estadual com idade entre 15 e 19 anos.

A escola também espera que os alunos possam olhar para o futuro desejado e busquem alcançá-lo, sem que no caminho para isso, aconteça algo não planejado, para tanto é necessário a informação.

Os professores de Biologia do 1º ano do Ensino Médio desenvolverão toda a dinâmica de trabalho que se trata de uma conscientização através de atividades e reflexões a respeito da Gravidez e todas as consequências na vida de um jovem ou adolescente.

A escola é um ambiente de aprendizagem e também que deve trabalhar as questões que incluem a cidadania e toda e qualquer forma de conscientização, para que assim haja cada vez mais cidadãos críticos e conscientes de seu papel na sociedade.